Coroação 2017: Maria “Bendita és tu entre as mulheres”​ (Lc 1,28)

Noticias da Paróquia

A Paróquia Santo Antônio da cidade de Barro – Ce, celebrou nesta terça (30) o encerramento das festividades marianas do mês de maio, que é o mês dedicado a Maria Santíssima. A Missa Solene foi celebrada no Santuário pelo Pe. José Cláudio que Pároco e Reitor onde centenas de fiéis lotaram o Santuário.

Após a Santa Missa, os fiéis que participam da celebração eucarística também lotaram o patamar do Santuário para assistir a solene coroação da imagem da Virgem Maria.

Como todos os anos, o ensejo da coroação realiza-se com apresentações teatrais e musicais que são realizadas pelos jovens da paróquia.

Este ano, a igreja católica no Brasil celebra o Ano Nacional Mariano, em comemoração pelos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, e também festeja o centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima – Portugal. Dentro dessa temática, coroar a imagem de nossa senhora é meditar o seu papel dentro da história da Salvação: Maria é a Bem-aventura por que foi aquela que acreditou. Maria foi escolhida desde o seu nascimento, por Deus, para ser uma mãe do seu filho. Mesmo sem saber como tudo se daria, Maria acreditada e entregava tudo nas mãos de Deus e assim feito, se entregando inteiramente a vontade do Pai. “Eis aqui um servo do Senhor, faça-se em mim segundo uma vossa palavra”. (Lc 1,38)

No seu sim, Maria não só aceita a via pela qual viria o Salvador, aceitava também seguir os passos do seu filho até os céus. Maria, cheia da graça do espírito, após a publicação não se escondeu, mas correu para o encontro de Isabel, que se alegrava no milagre que Deus fez em sua vida. Nas bodas de Caná, foi mediadora para que Jesus realizasse seu primeiro milagre, e não perca a hora, por obediência a sua mãe, salvou a festa de casamento. Caminhando com seu filho até o alto do calvário, sofreu Maria no espírito o que sofre seu filho em corpo, mas, mesmo na dor confiava em Deus para saber o que você quer para o mundo fosse salvo.

Neste ano em que a igreja celebra os 300 anos do achado da imagem em Aparecida, e os 100 anos das aparições de Nossa Senhora em Fátima, a igreja chama todos os fiéis a seguir o modelo de vida e discipulado de Maria e, consagrando-os a essa mãe de Bondade e misericórdia, coroando Maria, como Rainha do céu e da terra.

Autores: Rodrigo Martins e Mychelle Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *